Conheça o novo presidente do COB

Rafael Bello/COB
11/10/2017 20:04

Potiguar de Caicó (RN), mas criado no Espírito Santo, Paulo Wanderley Teixeira, 66 anos, é graduado em Educação Física e começou a sua relação com o esporte olímpico aos cinco anos, quando se mudou para Vitória (ES) e teve contato pela primeira vez com o judô. Foi professor da modalidade, fundador do CECAJ – Centro Capixaba de Judô e técnico da seleção brasileira de judô de 1979 até 1993. Nesse período atuou como treinador da Seleção de Judô nos Jogos Pan-americanos de Havana 1991 e nos Jogos Olímpicos Barcelona 1992. Em 2001, foi eleito presidente da Confederação Brasileira de Judô (CBJ), cargo que ocupou até 2016, quando foi eleito vice-presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB).

Sua gestão à frente da CBJ reaproximou a entidade com atletas e treinadores, desenvolveu a estrutura da modalidade no país, organizou grandes eventos internacionais no país – como os Mundiais Adultos de 2007 e 2013 no Rio de Janeiro e o Mundial por Equipes de 2012 em Salvador – e trouxe doze medalhas olímpicas para a modalidade, incluindo a primeira do judô feminino com o bronze de Ketleyn Quadros em Pequim 2008, o ouro histórico de Sarah Menezes em Londres 2012 e mais um ouro com Rafaela Silva na Rio 2016.

Paulo Wanderley também foi presidente da Federação Espiritosantense de Judô, da Confederação Sul-americana de Judô, da Confederação Pan-americana de Judô e vice-presidente da Federação Internacional de Judô. Paulo Wanderley ocupa ainda o cargo de Consultor de Honra da Academia Brasileira de Treinadores (ABT).