Centro de Treinamento Time Brasil recebe terceira turma da ABT para primeiro módulo presencial

Treinadora Letícia Pessoa, do vôlei de praia, ministrou Aula Magna de abertura para alunos de atletismo, ciclismo, canoagem e remo

Heitor Vilela/COB
10/04/2017 14:42

Em 2016 eles passaram por 372 horas de aulas divididas em quatro módulos presenciais, três a distância e uma semana de estágio internacional. E neste ano a presença promete ser ainda melhor. Mais de 100 treinadores de atletismo, ciclismo, canoagem e remo que foram aprovados na turma do Curso de Detecção, Promoção e Desenvolvimento de Talentos no Esporte da Academia Brasileira de Treinadores (ABT) se reuniram nesta segunda-feira, dia 10, no Centro de Treinamento Time Brasil, no Parque Aquático Maria Lenk, para o primeiro módulo presencial de 2017 da ABT, agora abordando o Curso de  Aperfeiçoamento e Aprofundamento no Esporte, com foco no treinamento de atletas de alto rendimento. Como primeira atividade, os alunos participaram de uma aula magna com a treinadora de vôlei de praia Letícia Pessoa, responsável pelas conquistas das medalhas olímpicas de prata de Alison e Emanuel, em Londres 2012, e de Adriana Behar e Shelda, em Atenas 2004 e Sidney 2000.

A ABT é uma iniciativa do Instituto Olímpico Brasileiro (IOB) e tem como objetivo complementar, por meio de atividades educacionais de qualidade, a formação profissional de treinadores para o alto rendimento, contribuindo de forma relevante para a conquista de resultados positivos no esporte olímpico brasileiro. As aulas do primeiro módulo presencial no Centro de Treinamento Time Brasil seguem até o sábado, dia 15, abordando temas como: Treinador e suas Competências no Esporte; Estudos das Capacidades Motoras; Métodos de Treinamento; Fisiologia no Esporte de Alto Rendimento; Testes, Medidas e Avaliação no Esporte e Estudos de Caso. 

“Os alunos dessa segunda etapa da terceira turma já estão familiarizados com a dinâmica da ABT e irão aprimorar o que foi aprendido no ano passado. Em 2016 a ABT foi voltada à identificação e desenvolvimento de talentos, com um retorno muito bom nos trabalhos apresentados no final do ano. Agora, o foco é otimizar a performance humana, na sua máxima capacidade. O treinador deste curso buscará o resultado esportivo de excelência, o qual se caracteriza, na prática, pelo recorde e vitórias em competições em níveis mundiais e olímpicos. Uma turma complementa a outra e temos certeza que também teremos um retorno positivo, ainda mais neste início de ciclo olímpico”, afirma Soraya Carvalho, gerente do IOB.

Além da parte teórica, a ABT tem uma importante parte prática com o programa de Estágios Internacionais. O objetivo é promover a vivência da prática esportiva através de métodos e técnicas aplicados ao dia a dia do treinamento e competições. Em quatro anos, a ABT já capacitou mais de 300 alunos, treinadores de todo o país, divididos em nove modalidades olímpicas: Atletismo, Canoagem, Ciclismo, Ginástica Artística, Judô, Lutas, Natação, Remo e Taekwondo. Desse número, 78 treinadores estiveram envolvidos nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Estiveram presentes no CT do Time Brasil para a cerimônia de boas-vindas os diretores e gerentes gerais do COB, presidentes e representantes das Confederações contempladas nessa turma e do Conselho Federal de Educação Física (CONFEF). Todos os participantes da ABT são profissionais de Educação Física registrados no CONFEF e, preferencialmente, filiados à Confederação Brasileira da respectiva modalidade. Para ingressar na ABT os treinadores passam por um processo seletivo. O curso é inteiramente financiado pelo COB através de bolsas concedidas aos treinadores.

TAGS: