JUDÔ

HISTÓRIA

Criado há mais de 120 anos, o judô é um esporte em constante evolução. As técnicas básicas existem desde a criação do Instituto Kodokan, por Jigoro Kano, em 1882. Mais do que criar uma luta, o mestre Kano buscou desenvolver uma arte marcial em que a evolução técnica do praticante fosse sempre acompanhada de um avanço espiritual, norteado pelo ensinamento oriental que diz: “muitas vezes é preciso ceder para vencer”.

Apesar das diferentes técnicas desenvolvidas nas muitas Escolas de judô que surgiram desde o início do século XX, o objetivo básico do esporte sempre foi mantido: combater e finalizar o adversário ou desequilibrá-lo, fazendo com que ele caia totalmente com as costas no chão.

CURIOSIDADES

- O judô aparece pela primeira vez na agenda olímpica em Tóquio 1964, em caráter demonstrativo. Em 1972, o esporte entra na agenda oficial, nos Jogos de Munique e 20 anos depois, em Barcelona, as mulheres começaram a disputar medalhas olímpicas.

- O torneio feminino entrou no programa olímpico somente em Barcelona 1992.

REGRAS

- São sete categorias de peso no masculino (60kg, 66kg, 73kg, 81kg, 90kg, 100kg e +100kg) e sete no feminino (48kg, 52kg, 57kg, 63kg, 70kg, 78kg e +78kg).

- As lutas têm duração de cinco minutos e o objetivo é projetar o adversário de costas no solo, finalizar com chave de braço ou estrangulamento ou imobilizar o oponente no solo.

- Pontuações:
Ippon

Quando o judoca projeta o adversário de costas no chão com força e velocidade, finalização por chave de braço ou estrangulamento ou imobilização no solo por 20 segundos.

Wazari

Quando o adversário é projetado de costas no chão sem força ou velocidade, ou quando é imobilizado por um tempo de 15 a 19 segundos.

Yuko

Quando o adversário é projetado e cai com a lateral do corpo no solo, ou é imobilizado por um tempo de 10 a 14 segundos.


Entidade Responsável:
Confederação Brasileira de Judô


TAGS: