CICLISMO BMX

HISTÓRIA

O ciclismo BMX ou bicicross surgiu na década de 1960 como uma brincadeira. Na Califórnia, crianças imitavam seus ídolos do motocross com suas bicicletas, construíam pistas e faziam corridas informais. Durante os anos de 1970, esse novo esporte cresceu e surgiram equipes, campeonatos, revistas especializadas, marcas novas de peças e de bicicletas BMX.

Em abril de 1981, a Federação Internacional de BMX foi fundada e a modalidade se desenvolveu rapidamente, criando uma identidade única. Em 1993, o BMX foi inteiramente integrado à União Internacional de Ciclismo (UCI, em inglês) e estreou como esporte olímpico em Pequim 2008.

CURIOSIDADES

- A primeira pista da América do Sul para a prática do BMX foi construída em São Paulo, em 1979.

- Seus princípios são simples: oito corredores competem numa pista cheia de saltos, curvas apertadas e obstáculos.

- Em Pequim 2008, a pista do velódromo Laoshan tinha 370m para os homens e 350m para as mulheres.

REGRAS

- O ciclismo BMX é disputado em baterias com oito atletas, até se chegar à final.

- A pista tem 470 metros de extensão para os homens e 430 metros para as mulheres.

- As bicicletas utilizadas pelos competidores possuem rodas com aro 20", uma marcha e um freio.

- A largada é feita sobre uma plataforma de cerca de 10m de altura e os atletas passam por obstáculos montados na pista até cruzar a linha de chegada.


Entidade Responsável:
Confederação Brasileira de Ciclismo


TAGS: